quarta-feira, 27 de março de 2013

Resultados da Meia Maratona Internacional de Florianópolis

Salve galera Vidativada!

O final de semana foi recheado de eventos e novidades, confiram tudo que rolou:

Sexta-feira, 22 de março:
Sushi Vidativa Floripa - reunimos a turma para uma confraternização pré-meia onde foram entregues os kits da prova, retiradas as últimas dúvidas e repassada a programação de domingo. Neste dia também repassamos o calendário de provas e realizamos o lançamento oficial dos novos uniformes da equipe assim como a apresentação dos novos patrocinadores, Orbenk e Açaí Via Láctea, sendo que o último bancou a sobremesa do jantar com o delicioso creme de açaí! Ao final do evento a recomedação para os corredores foi de um sábado de descanso, boa alimentação e hidratação.



Domingo, 24 de março:
Meia Maratona Internacional de Florianópolis - o dia raiou e a base Vidativa já estava pronta na Beira-Mar a espera dos 22 atletas inscritos na prova.
12 guerreiros (10 estreantes) percorreram os 21K pela linda orla de Floripa;
Já nos 10K tivemos 5 atletas participantes com 1 estréia e fechamos a prova com 6 vidativados, 2 estreantes, correndo a rústica de 5K.
O domingo foi especial com temperatura agradável, sol entre nuvens e ausência de vento, condições perfeitas que, somadas ao condicionamento e confiança obtidos durante o treinamento, proporcionaram uma corrida excelente a todos! Confiram os resultados:



Ao final dos percursos a galera endorfinada curtiu, dançou e aproveitou a manhã linda de domingo.
A recuperação pós prova ficou por conta dos nossos parceiros Açaí Via Láctea, barra de cereais Rip Fibras e Clínica Médica Domenico DeLeón que esteve presente no evento relaxando a musculatura dos corredores com massoterapia.

A festa foi completa e todos estão de parabéns! Confiram as imagens da prova:


Mais imagens no site Foco Radical hoje a partir das 22h.

Agora o foco é o Revezamento Volta a Ilha, 20 de abril é VIDATIVA percorrendo todos os canto de Floripa!

Bons treinos e boa semana.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Acessórios pra que te quero!

Salve galera Vidativa!

A expansão das corridas de rua trouxe também um verdadeiro mercado voltado para os praticantes da modalidade. Muito além dos tênis e roupas apropriados para a corrida, os acessórios estão cada vez mais diversificados e sofisticados atendendo a demanda de todos os tipos de atletas. Há quem defenda o estilo de corrida minimalista mas para quem gosta de estar por dentro das novidades do mundo da corrida a Vidativa Floripa traz as principais opções para você correr muito bem "acessorado", confira:



Meias de compressão ou Canelitos

 

Uma das principais tendências no momento são as meias de compressão ou polainas/canelitos.
As meias de compressão foram criadas para ajudar a reduzir a sensação de cansaço e peso nas pernas após provas e treinos longos, diminuindo o risco de lesões. As meias têm a função de barreira elástica para os músculos da panturrilha, comprimindo a musculatura e melhorando o retorno venoso, que aumenta o fluxo sanguíneo na região. Por conta disso, há uma maior oxigenação e remoção de lactato, responsável pela regeneração mais rápida da área afetada.  
 
 

 Frequencímetro/ Monitor Cardíaco

 
O frequencímetro, ou monitor cardíaco, serve para aferir e controlar os batimentos cardíacos de uma pessoa durante a prática da atividade física. Com ele, o indivíduo percebe se o esforço está além do que deveria ou se pode dar um gás nos treinamentos. Sendo assim, quem usa o aparelho tem uma maior precisão do que está acontecendo, consequentemente, está mais seguro.
Os modelos mais básicos monitoram tempo, frequência cardíaca (com a cinta peitoral) e gasto de calorias, enquanto os avançados utilizam GPS integrado para registrar distâncias e mapear rotas – para os triatletas, existem opções que mensuram até a distância percorrida dentro d’água.
 
 

 Óculos


 “O óculos faz parte da armadura do guerreiro”, disse o triatleta argentino Oscar Galindez, tricampeão do Ironman Brasil. Há uma grande variedade de produtos no mercado que protegem os atletas das intempéries climáticas, como sol forte, chuva e ventanias – quem nunca correu contra o vento cerrando os olhos para evitar que partículas de poeira atingissem os olhos?
Modelos de algumas marcas permitem a troca fácil de lentes, o que possibilita que o atleta utilize a mesma armação apenas substituindo a lente de acordo com a condição visual. Além das convencionais, há lentes projetadas para a noite e dias nublados.
 

Manguitos

 
 
Os manguitos, que já vem sendo usado por ciclistas por alguns anos, agora já podem ser visto em alguns corredores.
São mangas avulsas, usadas pra manter os braços aquecidos durante a corrida sem a necessidade de usar uma blusa de manga longa ou até mesmo um casaco. São práticos, fáceis de manusear e guardar caso necessário durante a corrida. Existem ainda modelos com compressão e até versões que esfriam os braços protegendo o corpo das altas temperaturas.
 
 

 Braçadeira/Armband

 
Este é um acessório indispensável para quem gosta de ouvir música enquanto corre. Os armbands são projetados para carregar o celular ou mp3 player junto ao braço, em uma altura que permita os fones chegarem ao ouvido sem dificuldades. Bom para quem utiliza aplicativos de celulares próprios para a corrida ou quer apenas carregar volumes pequenos, como chaves e documentos.
 
 

Cinto de hidratação ou Porta-Numeral


Quem faz treinos e provas longas muitas vezes não quer parar para fazer uma reposição energética ou reidratação, apesar de tais procedimentos serem altamente recomendados após 50 minutos de atividade. Para isso, existem cintos de hidratação com compartimentos para gel ou pequenos objetos.
Em competições onde a hidratação é garantida pela organização da prova é comum utilizar um porta-numeral que também possua encaixes para suplementos.

 

Porta-acessórios

 
O porta-acessórios equivale a um pequeno “bolso avulso”. Em material leve, geralmente vem com uma presilha que o permite ser preso ao cadarço do tênis para levar itens pequenos – como dinheiro e chave – ou mesmo um chip não descartável de provas.
Para quem é adepto do Nike+ e tem o shoepod (chip da marca) mas não quer ser obrigado a utilizar um tênis Nike para contabilizar seus quilômetros, o porta-acessórios é uma solução inteligente.
 
 
 
 

Viseira


A viseira é uma alternativa ao boné. O boné tem basicamente as mesmas funções – prende o cabelo e sua aba impede que a vista seja prejudicada pela luz forte e até chuva. Além disso, protege o couro cabeludo do sol e ajuda a esquentar a cabeça em dias mais frios. A diferença é que a viseira permite maior ventilação do couro cabeludo. Nesse ponto, só deixa de ser vantajosa em relação ao boné para quem não tem cabelo

 

 

Touca/gola

 
Corredores amadores normalmente treinam em horários em que a temperatura é mais baixa, como bem cedo ou à noite. Nas épocas mais frias do ano, acessórios que minimizam os efeitos negativos das baixas temperaturas são toucas ou golas em tecidos esportivos.
Existem modelos no mercado que unem o mesmo acessório em uma única peça, permitindo que o atleta escolha o uso de acordo com a ocasião.

 
 

Vale lembrar que todos os acessórios devem ser testados durante os treinos antes de estreá-los em provas. Depois aprovados é só se equipar de acordo com a sua necessidade e correr!

 

Boa semana e bons treinos!

 

terça-feira, 19 de março de 2013

Beach Games PowerClub - Não fique de fora dessa!

Salve turma Vidativada!


Aí vai um convite para todos que curtiram o Verão Vidativa, projeto que integrou a corrida com muitas atividades como esportes de ação e circuitos funcionais:

I Beach Games da Academia PowerClub vem com tudo!

A gincana se inicia dia 1º de abril, segunda-feira, e ao longo de toda a semana as equipes participarão de provas para acumular pontos como doação de sangue e alimentos, provas físicas e intelectuais.
No sábado, dia 6, todo mundo se reunirá no Barraco da Mole para mais provas eletrizantes.
A equipe vencedora ganhará um delicioso Sushi!

E aí? Curtiu? Quer participar? A Vidativa Floripa estará participando na EQUIPE LARANJA!

Para se inscrever basta adquirir a camiseta da equipe que custa R$15,00 e deve ser encomendada no treino de hoje mediante a pagamento para aos professores Giselle ou Fernando.
Não perca tempo e garanta a sua!

Aguardamos a participação de todos, vamos VIDATIVAR a EQUIPE LARANJA!

Boa semana e bons treinos!

segunda-feira, 18 de março de 2013

Vidativa Floripa no Deserto do Atacama


Salve galera!

Para começar a semana pré-Meia Maratona com o sentimento de garra e determinação compartilhamos a grande participação do atleta Eduardo Hoffmann nos 42Km do Mountain Do Deserto do Atacama / San Pedro de Atacama - Chile no último domingo.
A preparação não foi fácil e imaginamos que a prova também tenha proporcionado muitas dificuldades mas nada pôde impedir o guerreiro de completar seu objetivo.
´
PARABÉNS EDU!
ÉS UM MONSTRO, DESBRAVADOR DO DESERTO DE SAL, TENS NOSSO RESPEITO E ADMIRAÇÃO!
 
 
E é nesse clima de superação que desejamos boa semana e bons treinos para nossos atletas vidativados!
 
Go Vidativa! 

sexta-feira, 8 de março de 2013

8 de março - Dia Internacional da Mulher!

Essa vai para todas as Vidativadas do mundo, que conciliam suas vidas atarefadas, se virando em mil para cumprir e correr atrás de todos os seus sonhos e objetivos!!!

Parabéns às mães, às filhas, às esposas, às namoradas, às solteiras, às amigas e a todas que são ou ainda ser tornaram grandes mulheres!


quarta-feira, 6 de março de 2013

PISADA: qual o seu tipo?


Pronada, supinada ou normal? Saiba qual é a sua pisada e como escolher seu tênis

Corre e sente dores no joelho ou na coluna? Percebeu que o seu tênis fica desgastado mais de um lado do que do outro? Sente que poderia correr mais leve e rápido? Então, precisa procurar um ortopedista. Sem saber, você pode estar pisando de forma errada.
O modo como se pisa é determinado a partir das características anatômicas de cada indivíduo, como, por exemplo, os tipos de pé:


PÉ CAVO: apresenta uma impressão com pouca ou nenhuma ligação entre o calcanhar e a porção dianteira do pé. Nesse caso o peso é aplicado na borda exterior do pé durante a corrida. Esse tipo de pé requer um tênis flexível, com bom amortecimento.

PÉ NEUTRO: esse tipo de pé apresenta ligação entre o calcanhar e a porção dianteira do pé desenhando uma curvatura.

PÉ PLANO: apresenta um alargamento da curvatura desenhada entre o calcanhar e a porção dianteira do pé. Nesse caso o peso é aplicado na borda interior do pé durante a corrida. Esse tipo de pé requer um tênis que ofereça total controle do movimento.

Já as pisadas podem ser generalizadas em três tipos: 

- Pronada -
A pronação acontece quando, durante a movimentação, a parte de fora do calcanhar toca o chão e o pé inicia a rotação para dentro e só depois se endireita.
Uma quantidade moderada de pronação é necessária para que o pé funcione apropriadamente, no entanto, lesões podem acontecer com a pronação excessiva. Quando a pronação excessiva acontece, o arco do pé se achata, alongando músculos, tendões e ligamentos que ficam na parte inferior do pé.
Alguns tênis de corrida para corredores com pisada pronada: Asics Gel Phoenix, Mizuno Wave Nirvana, Asics Gel-Evolution, Asics Gel 1130, Asics Gel Kayano, Nike LunarGlide.


 
- Supinada - Supinação é o oposto de pronação. Ela acontece quando, durante a movimentação, o calcanhar toca o solo e o pé inicia uma rotação para fora.
Uma quantidade normal de supinação acontece quando, durante a pisada, o calcanhar deixa o solo e os dedos são usados para a propulsão do corpo. No entanto, a supinação excessiva põe uma carga grande nos músculos e tendões que estabilizam o tornozelo, o que pode fazer com que o tornozelo rotacione totalmente para fora, resultado em torção ou até mesmo na ruptura total dos ligamentos.
Alguns tênis de corrida para corredores com pisada supinada: Asics Gel Cumulus 13, Nike Vomero, Asics Gel-Nimbus, Adidas Supernova Glide, Mizuno Wave Creation.

 - Neutra / Normal - A pisada neutra também começa com a parte externa do calcanhar e o pé rotaciona ligeiramente para dentro durante a movimentação, terminando com a parte da frente do pé inteira tocando o solo.
Alguns tênis de corrida para corredores com tipo de pisada neutra: Asics Gel Cumulus 13, Mizuno Wave Creation, Saucony ProGrid Triumph, Nike Vomero, Asics Gel Kayano, Asics GT 2160, Nike Air Pegasus, New Balance 1063.










Como descobrir seu tipo de pisada?
Várias lojas especializadas oferecem um teste para verificar a pisada do cliente, mas um médico ortopedista especializado em esporte é a maneira mais indicada para identificar seu tipo de pisada. Caso alguma doença não seja diagnosticada, faz-se o teste com fisioterapeuta especializado em baropodometria, que é a análise de marcha.

 Pronação e supinação são problemas biomecânicos. Usar um tênis de corrida apropriado para o seu tipo de pisada vai ajudá-lo a prevenir lesões. É importante notar que muitos tênis de corrida são feitos para corredores com tipo de pisada de neutra a pronada ou de neutra a supinada. Outros são feitos apenas e especificamente para corredores com pisada pronada severa ou pisada supinada severa. Os tênis neutros não interferem no desempenho ou prejudicam o atleta, mas se for comprado um para a correção e a pisada não for aquela que o tênis diz corrigir, pode piorar a lesão.

Já sabe seu tipo de pisada? Então vamos às compras...
As empresas fabricantes de tênis abusam da tecnologia para melhorar a absorção do impacto e evitar entorses. Quando nosso pé atinge o solo, durante a corrida, aplica-se uma força de, aproximadamente, oito vezes o nosso peso corporal. Nosso corpo absorve o choque de cada passo. A resultante desta força é distribuída de uma forma correta quando estamos com um tênis adequado. A compra de um bom tênis não deve ser encarada como um gasto, mas sim como um investimento, pois todo gasto feito para a nossa saúde é bem-vindo.

Já tem seu tênis? Saiba quando é o momento certo de trocá-lo...
 Normalmente, os tênis duram cerca de 500 a 800km. Isso depende principalmente da altura e/ou peso do indivíduo. Nem sempre o tênis apresenta desgaste quando atinge essa kilometragem, porém a estrutura interna do tênis já começa a ficar comprometida, o que pode ser um risco para suas articulações.

Você alterna seus tênis de corrida para um par “descansar” enquanto usa o outro?
Atualmente as tecnologias dos calçados permitem que o material utilizado na entressola do tênis se recupere em cerca de doze horas. Ou seja, a não ser eu você treine duas vezes por dia, não necessita de um segundo par para revezamento. Porém não descartamos a possibilidade de alternar os diferentes tipos de tênis para diferentes tipos de treino: tênis mais leves e minimalistas para os treinos de velocidade; tênis com maior absorção de impacto para os longões e tênis específicos para terrenos diferenciados como praias e trilhas.

Agora que você já está ligado em tudo sobre seus pés, calce os tênis e bora treinar!

Boa semana e bons treinos!


terça-feira, 5 de março de 2013

Running in the rain...

corrida chuva eu atleta (Foto: Getty Images)

Correr na chuva: boa postura, roupa adequada e hidratação são ideais

Tempestades com raios e treinos com saúde debilitada são únicos poréns da prática, que pode ser bastante refrescante em dias quentes

Você sai do trabalho animado com seu treino em local aberto e, assim que chega em casa, São Pedro parece querer estragar seus planos de correr. Mas a chuva não precisa ser um empecilho para a atividade física, desde que sejam respeitados alguns conselhos: correr gripado ou saindo de um resfriado não é uma boa ideia, assim como sair de casa com incidência de raios durante uma tempestade. De resto, siga as dicas dos especialistas e corredores e aproveite o momento para colocar a mente e o corpo em dia.
Se atente a detalhes importantes: um aquecimento, terreno regular, boa postura e roupas secas após os treinos garantem um ótimo desempenho.
Na chuva, evite lugares desconhecidos e com terreno irregular. Buracos escondidos por poças de água podem causar entorses de tornozelo e problemas no joelho. Para fugir da água que vem em direção ao rosto, a tendência é abaixar a cabeça e inclinar o tronco para a frente. Essa postura mantida por um treino longo pode causar dores na coluna, então procure um trajeto onde a água não vá diretamente contra o seu rosto. Um bom aquecimento é fundamental antes da corrida e ao final é importante trocar rapidamente as roupas molhadas para não deixar o corpo frio.
Apesar da crença que sugere que exercícios na chuva podem afetar o sistema imunológico, cientistas comprovaram que a queda da temperatura corpórea aumenta o nível de atividade das células de defesa do corpo, portanto, não desanime!
Você já entendeu que correr na chuva, desde que não seja sob raios e com a saúde debilitada, não tem problema algum. Porém, o que vestir? Um casaco impermeável e um boné para facilitar a visão são suficientes. Se o tempo abrir, use roupas com tecidos sintéticos, óculos escuros e protetor solar, além do boné. Assim, a combinação isolamento térmico, troca de ar, absorção e transporte de umidade, além do conforto, estão presentes no treinamento.
No Brasil, como é muito difícil termos temperaturas muito baixas, perto de 0ºC, o único senão é o cuidado com os tênis, que podem estragar e mofar muito cedo. Para preservar os calçados, eles devem ser colocados para secar o mais rapidamente possível e, de preferência, com spray antibactericida.
corrida chuva eu atleta (Foto: Getty Images)
O importante é ter as vitaminas do corpo em dia. Com a imunidade boa, você pode correr onde e quanto quiser. É fundamental manter a imunidade equilibrada através da boa alimentação, prática moderada de atividade física e repouso. Ingerir cinco porções diárias de frutas, verduras e legumes garante o acúmulo de vitaminas e minerais, potentes antioxidantes que atuam estimulando o sistema imunológico e combatendo os radicais livres. Além disso, consumir vitamina C presente nas frutas cítricas, iogurte e leite fermentado, além de gorduras do bem como azeite e oleaginosas, atuam na melhora do processo de defesa do organismo.

Não se esqueça de manter a hidratação constante, pois mesmo sob chuva, o corpo perde líquidos através da transpiração e precisa de reposição adequada.

Então garanta o desenvolvimento de seu super sistema imunológico através de uma alimentação saudável e equilibrada juntamente com a prática de exercícios físicos regulares. Assim nos tempos de frente fria que estão por vir a chuva não será motivo para impedí-lo de calçar os tênis e running in the rain...

Boa semana e bons treinos turma!


Fonte: Eu Atleta - globo.com