quarta-feira, 6 de março de 2013

PISADA: qual o seu tipo?


Pronada, supinada ou normal? Saiba qual é a sua pisada e como escolher seu tênis

Corre e sente dores no joelho ou na coluna? Percebeu que o seu tênis fica desgastado mais de um lado do que do outro? Sente que poderia correr mais leve e rápido? Então, precisa procurar um ortopedista. Sem saber, você pode estar pisando de forma errada.
O modo como se pisa é determinado a partir das características anatômicas de cada indivíduo, como, por exemplo, os tipos de pé:


PÉ CAVO: apresenta uma impressão com pouca ou nenhuma ligação entre o calcanhar e a porção dianteira do pé. Nesse caso o peso é aplicado na borda exterior do pé durante a corrida. Esse tipo de pé requer um tênis flexível, com bom amortecimento.

PÉ NEUTRO: esse tipo de pé apresenta ligação entre o calcanhar e a porção dianteira do pé desenhando uma curvatura.

PÉ PLANO: apresenta um alargamento da curvatura desenhada entre o calcanhar e a porção dianteira do pé. Nesse caso o peso é aplicado na borda interior do pé durante a corrida. Esse tipo de pé requer um tênis que ofereça total controle do movimento.

Já as pisadas podem ser generalizadas em três tipos: 

- Pronada -
A pronação acontece quando, durante a movimentação, a parte de fora do calcanhar toca o chão e o pé inicia a rotação para dentro e só depois se endireita.
Uma quantidade moderada de pronação é necessária para que o pé funcione apropriadamente, no entanto, lesões podem acontecer com a pronação excessiva. Quando a pronação excessiva acontece, o arco do pé se achata, alongando músculos, tendões e ligamentos que ficam na parte inferior do pé.
Alguns tênis de corrida para corredores com pisada pronada: Asics Gel Phoenix, Mizuno Wave Nirvana, Asics Gel-Evolution, Asics Gel 1130, Asics Gel Kayano, Nike LunarGlide.


 
- Supinada - Supinação é o oposto de pronação. Ela acontece quando, durante a movimentação, o calcanhar toca o solo e o pé inicia uma rotação para fora.
Uma quantidade normal de supinação acontece quando, durante a pisada, o calcanhar deixa o solo e os dedos são usados para a propulsão do corpo. No entanto, a supinação excessiva põe uma carga grande nos músculos e tendões que estabilizam o tornozelo, o que pode fazer com que o tornozelo rotacione totalmente para fora, resultado em torção ou até mesmo na ruptura total dos ligamentos.
Alguns tênis de corrida para corredores com pisada supinada: Asics Gel Cumulus 13, Nike Vomero, Asics Gel-Nimbus, Adidas Supernova Glide, Mizuno Wave Creation.

 - Neutra / Normal - A pisada neutra também começa com a parte externa do calcanhar e o pé rotaciona ligeiramente para dentro durante a movimentação, terminando com a parte da frente do pé inteira tocando o solo.
Alguns tênis de corrida para corredores com tipo de pisada neutra: Asics Gel Cumulus 13, Mizuno Wave Creation, Saucony ProGrid Triumph, Nike Vomero, Asics Gel Kayano, Asics GT 2160, Nike Air Pegasus, New Balance 1063.










Como descobrir seu tipo de pisada?
Várias lojas especializadas oferecem um teste para verificar a pisada do cliente, mas um médico ortopedista especializado em esporte é a maneira mais indicada para identificar seu tipo de pisada. Caso alguma doença não seja diagnosticada, faz-se o teste com fisioterapeuta especializado em baropodometria, que é a análise de marcha.

 Pronação e supinação são problemas biomecânicos. Usar um tênis de corrida apropriado para o seu tipo de pisada vai ajudá-lo a prevenir lesões. É importante notar que muitos tênis de corrida são feitos para corredores com tipo de pisada de neutra a pronada ou de neutra a supinada. Outros são feitos apenas e especificamente para corredores com pisada pronada severa ou pisada supinada severa. Os tênis neutros não interferem no desempenho ou prejudicam o atleta, mas se for comprado um para a correção e a pisada não for aquela que o tênis diz corrigir, pode piorar a lesão.

Já sabe seu tipo de pisada? Então vamos às compras...
As empresas fabricantes de tênis abusam da tecnologia para melhorar a absorção do impacto e evitar entorses. Quando nosso pé atinge o solo, durante a corrida, aplica-se uma força de, aproximadamente, oito vezes o nosso peso corporal. Nosso corpo absorve o choque de cada passo. A resultante desta força é distribuída de uma forma correta quando estamos com um tênis adequado. A compra de um bom tênis não deve ser encarada como um gasto, mas sim como um investimento, pois todo gasto feito para a nossa saúde é bem-vindo.

Já tem seu tênis? Saiba quando é o momento certo de trocá-lo...
 Normalmente, os tênis duram cerca de 500 a 800km. Isso depende principalmente da altura e/ou peso do indivíduo. Nem sempre o tênis apresenta desgaste quando atinge essa kilometragem, porém a estrutura interna do tênis já começa a ficar comprometida, o que pode ser um risco para suas articulações.

Você alterna seus tênis de corrida para um par “descansar” enquanto usa o outro?
Atualmente as tecnologias dos calçados permitem que o material utilizado na entressola do tênis se recupere em cerca de doze horas. Ou seja, a não ser eu você treine duas vezes por dia, não necessita de um segundo par para revezamento. Porém não descartamos a possibilidade de alternar os diferentes tipos de tênis para diferentes tipos de treino: tênis mais leves e minimalistas para os treinos de velocidade; tênis com maior absorção de impacto para os longões e tênis específicos para terrenos diferenciados como praias e trilhas.

Agora que você já está ligado em tudo sobre seus pés, calce os tênis e bora treinar!

Boa semana e bons treinos!


Um comentário:

  1. Achei bem legal e muito útil, principalmente as dicas de tênis!
    Mariana.

    ResponderExcluir