quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Auto-Liberação Miofascial - técnica que será grande aliada para melhorar seu desempenho!


A auto-liberação miofascial está rapidamente se tornando cada vez mais comum em programas de treinamento em todo o mundo. De atletas de elite, até em ambientes de academias, você pode andar em muitas instalações de treinamento e ver as pessoas usando um rolo de espuma (Foam roller), como parte de seu programa de treinamento.

O que é a Liberação Miofascial?
Trate-se de uma técnica especializada de alongamento usada para liberar tensão e realinhar o corpo. A palavra miofascia é derivada da palavra latina “myo”, significando músculo, e “fascia”, para tecido. A fascia é um tecido conjuntivo denso que se espalha através do corpo em três ramos principais, da cabeça aos dedos e cerca cada músculo, osso, nervo e órgãos do corpo. 

Por mais que os músculos possam agir de forma individual, acabam influenciando outras partes através das conexões de suas fascias integradas. As menores tensões, compensações e movimentos são distribuídos e repercutem ao longo dessas linhas ou meridianos miofasciais formando os chamados "pontos-gatilho". A restrição em um destes pontoa pode comprometer todo o sistema. É comum adquirirmos hábitos posturais prejudiciais em decorrência da atividade profissional, prática esportiva não supervisionada, estresse, traumas físico e emocional, etc. Estes hábitos desorganizam a estrutura do corpo e criam áreas de tensão, rigidez e encurtamentos musculares, prejudicando a fluidez e a amplitude dos movimentos. 
Um músculo estressado tem seu movimento de alongamento e encurtamento prejudicado, ou seja, flexibilidade comprometida, consequentemente, perda de qualidade do movimento

Diferentemente dos alongamentos tradicionais, que oferecem um relaxamento transitório ao músculo, a auto-liberação miofascial oferece benefícios e a reparação de aderências de partes moles e tecido cicatricial.

A técnica atua reconhecendo e liberando os "pontos-gatilho" nos tecidos através de pressão e alongamentos permitindo assim uma modulação do tônus muscular o que facilita a reeducação dos movimentos e diminui a dor.
Infelizmente nem todos conseguem incluir à sua rotina uma massagem (terapia manual) feita com frequência. A auto-liberação miofascial oferece de modo eficaz, barato e conveniente, a redução dos pontos de tensão, dor e consequentemente a melhora do desempenho em suas tarefas diárias.

Indicações:
Pode ser praticada em qualquer momento do dia e quantas vezes quiser. Confira abaixo alguns dos principais benefícios:
  •            Maior mobilidade e amplitude de movimento;
  •            Redução de tecido cicatrizado e adesões;
  •            Diminuição do tônus ​​dos músculos hiperativos;
  •            Melhoria da qualidade de movimento:
  •            Redução da rigidez arterial e melhora da função endotelial vascular

Materiais utilizados na auto-liberação miofascial:

Foam Roller:
O rolo de espuma é muito versátil, pois você pode trabalhar quase todos os grupos musculares utilizando um rolo de espuma sozinho. Rolos também podem vir em diferentes densidades, o que permite uma boa progressão.


                                                                                           



Medicine Ball:
Apesar de não ser tão popular quanto o foam roller,  a bola pode realmente ser uma ferramenta mais versátil. Não só é mais focal, quando comparado com o rolo (área da superfície a ser trabalhada é menor, o que aumenta a pressão), mas também permite trabalhar de uma forma mais tridimensional. 


 



Bola de tênis / lacrosse:
Uma bola de tênis é geralmente o menor acessório para  usar em um programa de auto-liberação miofascial. É muito conveniente para grupos musculares/fasciais com áreas de superfície menor (tais como a fáscia plantar, glúteos, flexores de quadril), bem como os músculos da parte superior do corpo, onde a bola deve ser colocada contra a parede (como os peitorais, costas e ombro). Uma vez que a bola de tênis se torna fácil, passar para uma bola de lacrosse (mais rígida).

 

O Stick:
É mais uma ferramenta prática quando se trata de trabalho de tecidos moles. Embora não seja necessariamente melhor ou pior que as outras apresentadas anteriormente, o diâmetro estreito permite que você trabalhe em alguns tendões (por exemplo, quadríceps, isquiotibiais) melhor do que a medicine ball  ou foam roller faria. Como assim, por exemplo, o Stick é uma boa opção para os isquiotibiais, o que geralmente não respondem tão bem ao foam roller, rolando desde suas mãos / braços está apoiando a maior parte de seu peso corporal para manter-se no chão. 


Técnicas de posicionamento:

O posicionamento errado pode cansar a musculatura de suporte ou pode levar a uma pressão excessiva sobre a área desejada, o que reduz a adesão e pode até machucar. (Se dói demais, você não vai querer fazer isso de novo, certo!)


    Alguns exemplos de atletas que utilizam a técnica:

    Kelly Slater campeão mundial de Surf por várias vezes, iniciando seu treino.

    Na preparação física do lutador Campeão Mundial de Jiu Jitsu André Galvão / Academia Atos / San Diego, CA 2013.

    Fisiculturista (Canadian IFBB Pro Bodybuilder) Antoine Vaillant, ANTES de um treinamento forte de Coxas.



    Como regra geral, a quantidade de tempo necessária para obter os benefícios, está diretamente relacionada com tensão e aderência do tecido. Se você tem muitos pontos de tensão, pouca flexibilidade ou não está familiarizado com este tipo de trabalho será necessário um trabalho diário para desfrutar dos benefícios citados acima. Depois que você estiver familiarizado com as técnicas e com tempo de prática os pontos de tensão irão diminuir, a musculatura ganhará flexibilidade e você poderá reduzir o tempo destinado à liberação. 

    Nos estágios iniciais geralmente é indicado o trabalho geral em todas as áreas com tensão excessiva entre um e dois minutos em um equipamento que gere menor pressão e em áreas maiores. Se uma área é particularmente mais tensa dedique mais tempo a ela. Ao longo do tempo você poderá progredir e utilizar equipamentos que atinjam de forma mais pontual e com maior pressão os pontos de tensão. 

    A medida que você vai progredindo e diminuindo suas tensões deve diminuir o tempo gradualmente. Uma programação de alta qualidade vai trabalhar para melhorar as relações comprimento / tensão, e naturalmente alinhar o corpo e assim diminuindo a probabilidade de músculos “estressados ​​”.


    Fonte: 
    Self-Myofascial Release - Prupose, methods and techniques. Mike Robertson, MS, CSCS. 2008.

    ACUTE EFFECTS OF SELF-MYOFASCIAL RELEASE USING A FOAM ROLLER ON ARTERIAL FUNCTION. TAKANOBU OKAMOTO, MITSUHIKO MASUHARA,AND KOMEI IKUTA. Journal of Strength and Conditioning Research. VOLUME 28 | NUMBER 1 | JANUARY 2014.

    THE EFFECTS OF MYOFASCIAL RELEASE WITH FOAM ROLLING ON PERFORMANCE. KELLIE C. HEALEY, DISA L. HATFIELD, PETER BLANPIED, LEAH R. DORFMAN,AND DEBORAH RIEBE. Journal of Strength and Conditioning Research. VOLUME 28 | NUMBER 1 | JANUARY 2014.
    MacDonald, Graham Z.; Button, Duane C; Drinkwater, Eric J; Behm, David George. Medicine & Science in Sports & Exercise:January 2014 - Volume 46 - Issue 1 - p 131–142. 

    quinta-feira, 6 de novembro de 2014

    Verão chegando em Floripa, VEM TREINAR COM A VIDATIVA!



























    A corrida de rua é um dos esportes mais saudáveis e acessíveis que diminui o estresse e melhora a qualidade de vida. Por isso, é cada vez maior o número de adeptos à modalidade.

    No verão, período de férias, é comum vermos ruas, calçadões e praias com inúmeros corredores, cada um com suas próprias metas, mas buscando um objetivo comum: uma vida mais saudável. Os dias mais prolongado convidam à prática de atividades físicas, principalmente ao ar livre mas com aumento da temperatura alguns cuidados são necessários na hora da corrida.

    Confira 10 dicas de ouro para treinar sem derreter e curtir todo o Verão Vidativa:  


    1. Acostume seu corpo ao calor

    Programe-se para treinar gradativamente em horários de temperaturas mais elevadas,  acostumando seu organismo ao calor do verão. 

    2. Prefira locais com sombra e treine quando estiver mais fresco

    Para evitar submeter-se ao calor do dia, não hesite em correr logo cedo (antes de ir trabalhar) ou à noite, ao retornar do trabalho. Procure locais com sombra (parques, caminhos de floresta, etc).

    3. Limite à duração do seu aquecimento

    No verão, o aquecimento pode ser mais curto que no inverno. Devido à temperatura ambiente, os músculos aquecem mais rapidamente. Adapte suas necessidades de aquecimento em relação ao calor e às sensações físicas.

    4. Escolha roupas respirantes e largas

    Durante suas saídas de corrida, sempre use roupas amplas e respirantes. Durante a atividade, em tempo quente, seu corpo poderá resfriar-se mais facilmente. As roupas de corrida de verão são perfeitamente adaptadas à corrida em tempo quente, seus materiais tecnológicos permitem uma boa liberação da transpiração e facilitam a evaporação do calor.

    5. Resfrie seu corpo antes da partida e durante a corrida

    Antes de correr, você poderá resfriar seu corpo tomando um banho morno ou hidratando-se com água
    gelada . Isso permitirá  a abaixa da temperatura de seu corpo, principalmente se você corre à noite, depois de um dia de trabalho. Durante a corrida, se você sentir muito calor, umidifique suas roupas e molhe seus cabelos.

    6. Alimente-se e hidrate-se corretamente 


    Nesta época do ano os cuidados com a alimentação e hidratação do atleta são fundamentais. Alimentos muito gordurosos, como frituras e carnes gordas devem ser evitados antes e depois da corrida, pois dificultam a digestão.

    A desidratação pode levar à queda de rendimento, além de provocar a interrupção do treinamento por dores, câimbras, desmaios e em casos graves à hiponatremia (baixo nível de sódio no sangue), ao coma e até mesmo à morte. Por isso, a importância da hidratação antes, durante e depois da atividade física.

    Sugestão de cardápio para treinos e provas de corrida no verão
    Antes:
    - Consumir alimentos ricos em carboidratos (exemplos: pão integral, aveia, arroz, macarrão, maçã e laranja) entre 1h30 e 30 minutos antes do treino.
    · Evitar consumo de açúcares simples (exemplos: açúcar de mesa, bolos, biscoitos e doces) e alimentos muito gordurosos (exemplos: frituras, carnes gordas, creme de leite).
    Durante:
    - Beber 200ml de água gelada a cada 20 minutos de atividades físicas.
    - Bebidas isotônicas são ricas em eletrólitos e mais indicadas para atividades físicas acima de 1 hora de duração.
    - A ingestão de carboidratos durante o treino ou competição melhora o desempenho e pode retardar a fadiga. O carboidrato em pó (maltodextrina) ou em gel são as melhores opções para esta reposição energética.

    Depois:
    - Hidratar-se mesmo após o término das atividades físicas para compensar a perda de água pelo suor.
    - Alimentar-se em até 1 hora após o treino para uma boa recuperação.
    - Consumir uma fonte de carboidrato associada a uma fonte de proteína (exemplos: pão integral com queijo branco, arroz com frango grelhado e iogurte com aveia).


    7. Use um boné
    O uso de um boné é indispensável para proteger-se dos raios de Sol e favorecer a evaporação do calor corporal pela cabeça (transpiração)

    8. Proteja sua pele e olhos do Sol

    Proteja o rosto, os braços e as pernas com um protetor solar, com índice de proteção elevado (a partir de 30).
    Como o restante do corpo, os olhos são submetidos aos raios agressivos do Sol, sendo assim durante suas corridas, use óculos de Sol adaptado à sua vista. Você evitará dor de cabeça e deficiências visuais além de proteger os olhos do vento e poeira.

    9. Não se superestime, aos primeiros sintomas de insolação, pare sua atividade!

    Insolação pode trazer consequências graves para a saúde do corredor. O calor e a umidade são os primeiros fatores que acarretam na elevação da temperatura do corpo. A qualquer sinal de náuseas, vertigens, dor de cabeça, desorientação, fadiga brutal pare sua atividade de imediato, ficando na sombra e procurando hidratar-se.
    10. Ao chegar, deixe sua temperatura corporal baixar de modo progressivo.

    Não tome banho imediatamente depois da atividade, a temperatura do corpo deve diminuir progressivamente, borrife água em você e tome uma bebida esportiva para recuperar energia.

    Com todas estas dicas você está super preparado para encarar os treinos nas altas temperaturas do Verão Vidativa! Fique ligado no vidativafloripa.com pois logo postaremos a programação completa!

    BONS TREINOS E GO VIDATIVA!

    quinta-feira, 25 de setembro de 2014

    Aplicativos para que te quero!

    Salve vidativados!!

    No post BOTA PRA CORRER falamos um pouco sobre os aplicativos de corrida e como eles nos ajudam durante os treinos. Vamos aliar à tecnologia para dar aquele gás extra a sua corrida, confira:


    Aplicativo de corrida

    Conheça os recursos que podem ajudar a monitorar e melhorar seu desempenho em treinos e provas de corrida de rua. 

    Vamos abandonar as planilhas de papel....Na era dos aplicativos e da tecnologia, para um atleta e com a proliferação dos smartphones, foram desenvolvidos aplicativos capazes de registrar várias informações sobre o rendimento durante uma prática esportiva. 

    Para quem corre, ou quer começar a correr... Você que colocou como objetivo para 2014 sua primeira meia, como eu...relacionamos aqui alguns apps que têm em comum o registro da duração da atividade, ritmo, velocidade, calorias gastas e a rota percorrida. Eles também permitem que os dados armazenados sejam compartilhados em redes sociais. 

    Endomondo 


    Endomondo

    O Endomondo é um dos preferidos pelos corredores.Vamos correr, quem fica parado é poste! 

    Seu principal diferencial é a flexibilidade. Enquanto a maioria dos aplicativos está disponível apenas para iPhone e Android, o Endomondo oferece versões para sete diferentes sistemas operacionais. 

    O aplicativo não se limita às corridas, caminhadas ou ciclismo. O usuário pode selecionar entre 50 diferentes atividades, desde esportes coletivos até subir escadas. 

    Mapeia rotas, mede pace e distância. As mensagens de voz durante percurso informam os dados em tempo real. É compatível com determinadas cintas de monitores cardíacos. 

    Permite a configuração de treinos intervalados e mensura a quantidade de calorias gastas. 

    Integração: o Endomondo sincroniza com a conta do corredor no endomondo.com, onde fica registrado o histórico de corridas. É possível também compartilhar as corridas no Facebook e BBM (para usuários de Blackberry). 

    Smartphones: iPhone, Android, Blackberry, Windows Phone, Windows Mobile, Nokia (Symbian) e Java. 


    Sports Tracker 
    sport traker

    O Sports Tracker tem sua popularidade ligada aos smartphones Nokia, está presente também em outras plataformas. Ele provê uma quantidade grande de dados, como velocidade, número de passos e altitude. Bora corrê? 

    Um de seus diferenciais é permitir que o corredor relacione à atividade, fotos tiradas durante o exercício. 

    Mapeia rotas, mede pace e distância. Mensagens de voz durante a corrida informam os dados em tempo real. 

    Quantidade de informações de cada treino que o Sports Tracker disponibliza em seu site é muito rica. O corredor pode, por exemplo, ver às variações de altimetria do percurso, calorias gastas e velocidade média. 

    Integração: o Sports Tracker sincroniza com a conta do corredor no sports-tracker.com, onde fica registrado o histórico de corridas. É possível também compartilhar as corridas no Facebook e Twitter. É compatível com determinadas cintas de monitores cardíacos. 

    Smartphones: iPhone, Android, Windows Phone e Nokia (Symbian). 


    Runkeeper 
    Runkeeper

    O Runkeeper é popular entre os donos de iPhone. É um app confiável e simples de configurar, um dos melhores neste quesito. Em poucos minutos já é possível começar um treino. Todo dia é um bom dia quando você corre. 

    Ele permite montar uma playlist de músicas de acordo com a intensidade da corrida e customizar quais dados serão informados em tempo real e em que frequência. 

    Mapeia rotas, mede pace e distância. Mensagens de voz durante a corrida informam os dados em tempo real. 

    É possível estabelecer uma meta de pace e o Runkeeper avisa o corredor o quanto o ritmo está acima da meta definida, por exemplo. Também informa gasto de calorias. 

    Integração: o Runkeeper sincroniza com a conta do corredor no runkeeper.com, onde fica registrado o histórico de corridas. É possível também compartilhar as corridas no Facebook e Twitter. É compatível com determinadas cintas de monitores cardíacos. 

    Smartphones: iPhone e Android. 


    Runtastic 
    Runstastic

    O Runtastic une algumas funcionalidades de outros apps semelhantes, como a simplicidade e, ao mesmo tempo, a riqueza de detalhes. Ele apresenta um grande número de informações de forma visualmente atraente. Meu preferido da lista. 

    Velocidade, distância, calorias, duração e altimetria, está tudo lá. Organizado e, apesar do volume de dados, bem clean. 

    Mapeia rotas, mede pace e distância. Mensagens de voz durante a corrida informam os dados em tempo real. 

    O Runtastic é muito semelhante a aplicativos como o Runkeeper e Sports Tracker, mas seu diferencial está na forma como esses dados são dispostos. Permite também estabelecer metas e treinar de acordo com elas (como perder peso ou se condicionar para correr determinada distância).

    Integração: o Sports Tracker sincroniza com a conta do corredor no runtastic.com, onde fica registrado o histórico de corridas. É possível também compartilhar as corridas no Facebook, Twitter e por e-mail. É compatível com determinadas cintas de monitores cardíacos. 

    Smartphones: iPhone, Android, Windows Phone, Blackberry e Samsung (Bada). 

    Linha de Chegada 
    Linha de Chegada

    O Linha de chegada é nacional, tem uma interface bem simples no celular, mas oferece um nível de detalhamento digno de treinadores profissionais. No site, o corredor tem acesso a um relatório que junta as informações oferecidas e monta gráficos de acordo com seu histórico. 

    Além disso, é um dos mais fáceis de configurar treinos intervalados, dos poucos apps que oferecem essa possibilidade. Cuide do seu corpo, você mora nele! 

    Mapeia rotas, mede pace e distância. 

    O forte do Linha de Chegada é o site, que permite o cadastro de planilhas de treino e oferece relatórios detalhados. 

    Integração: o Linha de Chegada sincroniza com a conta do corredor no linhadechegada.com, onde fica registrado o histórico de corridas e é possível acompanhar a corrida de outros membros ao vivo. É compatível com determinadas cintas de monitores cardíacos. 

    Smartphones: Android. 

    Meus Percursos 

    Meus percursos

    Meus Percursos, Minhas Trilhas ou My Tracks. Qualquer um desses nomes pode ser utilizado para encontrar o aplicativo de corridas do Google no Google Play (antigo Market). Vamos lá Papa Léguas! 

    Apesar do grande desenvolvedor por trás (Google), o Meus Percursos fica devendo em diversos aspectos para as outras opções. Um deles é a sua limitação de Sistema Operacional (disponível apenas para Android, por enquanto). Outra é a ausência de uma interface online, como todas as outras opções analisadas. 

    Mapeia rotas, mede pace e distância. 

    Meus Percursos registra dados como a velocidade máxima alcançada no percurso, e a velocidade média de deslocamento – que difere da velocidade média total, ou seja, o tempo que o corredor leva para parar a gravação do percurso não é considerado se ele parou de correr. 

    Integração: Permite exportar a corrida para a conta do usuário em diversos serviços do Google (Maps, Docs, Fusion Tables), bem como compartilhar um arquivo em formato GPX. Também permite a publicação via Facebook, Twitter e Google+. É compatível com determinadas cintas de monitores cardíacos. 

    Smartphones: Android. 

    NIKE + GPS 

    Nike


    Informa todos os dados do trajeto e envia para a comunidade Nike+, onde dá para interagir com outros usuários.

    É possível programar a ferramenta para enviar feedbacks sonoros a cada meta cumprida e ativar a função Power Songs, que faz tocar uma música escolhida para cada fase do reino.

    Por meio da já consagrada tecnologia Nike+, o atleta cria um perfil no site NikePlus e descarrega seus treinos, conectando-se ainda a uma comunidade de corredores na internet e até criando desafios virtuais.

    Trata-se de um app com GPS de fácil utilização e visualização. Permite integração com as músicas de seu aparelho e a possibilidade de escolha de uma "power song" – ou seja, aquela música que motiva – no momento mais difícil do treino.

    Tem alertas de voz personalizáveis que vão ditando o ritmo de corrida ou a quilometragem percorrida. Ótima relação entre o custo e o benefício.


    MapMyRun 
    Map My Run

    O atrativo deste aplicativo é o fato de ele conciliar a rotina do usuário aos planos de treinamento realizados por profissionais de educação física. 

    Dessa forma, o aplicativo formula dias com diferentes rotinas de exercícios, com durações menores para dias agitados, equilibrando com atividades mais intensas em dias que o usuário possui mais horas livres. 

    Running Playlists 
    Runner playlist

    Para quem gosta de correr com música, é a pedida. O app sugere uma playlist para você usar de acordo com o que programou no treino – tempo ou ritmo de corrida. 

    Com algumas informações que você fornece, o programa calcula seu ritmo e apresenta uma opção de músicas baseadas em seu bpm (batimento por minuto), colocando em frequência progressiva. 

    Agora é só fazer o download calçar os tênis e ir correr!

    GO VIDATIVA!
    Fonte: Globoesporte 

    terça-feira, 2 de setembro de 2014

    Vidativa no Mountain Do Lagoa da Conceição 2014 - ESCALAÇÃO DO TIME!






    Salve galera vidativada!

    Confiram em primeira mão a escalação de craques vidativados que vão encarar as praias, dunas, trilhas e montanhas do Mountain Do Lagoa 2014:




























    O Mountain Do Lagoa da Conceição tem 73K percorridos no entorno da baia da Lagoa da Conceição. O desafio pode ser superado em equipes de 8, 4 ou 2 atletas e este ano estréia a categoria solo!

    O charme da competição está nas belezas naturais combinadas a radicalidade dos percursos que tem distâncias de 5 a 12K em terrenos de praias, dunas, montanhas, trilhas e estradas rurais. 

    Essa festa do esporte rola nos dias 10, 11 e 12 de outubro num super evento com base no Lagoa Iate Clube. 

    Confirme sua participação e fique ligado pois em breve o vidativafloripa.com estará recheado de materiais sobre a corrida de montanha mais aguardada do ano!

    GO VIDATIVA!


    quinta-feira, 21 de agosto de 2014

    Aventure-se! Programação de final de ano Vidativa Floripa

    Salve galera!
    Confiram nosso calendário de atividades e preparem-se para um o Final de Ano VIDATIVADO!


    Para mais informações sobre os eventos, treinos e provas consulte sua caixa de email ou fale com os professores.

    Bom dia e bons treinos!

    GO VIDATIVA!

    terça-feira, 5 de agosto de 2014

    BOTA PRA CORRER!



    Quer  aprender a correr mas não sabe por onde começar? A Vidativa Floripa te dá uma mão e te bota pra correr pois no mês de agosto os treinos de corrida e caminhada tem passagem livre!


    Neste post vamos dar o caminho das pedras para você acelerar a passadas com segurança e motivação!
    Muita gente pensa que para começar a correr é só colocar um tênis e sair enlouquecido na rua correndo, mas a verdade é que quem faz isso vai acabar se machucando e não vai conseguir manter o ritmo por muito tempo. Começar a correr envolve planejamento e disciplina, e a não ser que você já tenha um mega condicionamento físico o início vai requerer também paciência, afinal não é por que você decidiu começar a correr hoje que amanhã você já vai estar correndo uma maratona. 

    Foque no seu objetivo, e siga as seguintes dicas que você chega lá.

    1- A melhor forma que começar a correr é traçar metas, qual é o seu objetivo com a corrida? Participar de uma corrida de rua? Emagrecer? Trace uma meta. Que tal participar de uma corrida de 5k na sua cidades? Ou contar para os amigos do facebook ou do instagram que você decidiu correr 5k, dividir os objetivos e se motivar junto aos amigos pode ser maravilhoso.

    2- Baixe um aplicativo no seu telefone para lhe auxiliar nos treinos, ele vai medir as distâncias percorridas e facilitar que você siga a sua planilha de corrida de forma correta, além de também proporcionar a opção de dividir as suas conquistas com os amigos online. Os melhores são o Runtastic, Endomondo, o Runkeeper, o Nike + e o Garmin conect. (Logo vai ter um post detalhado sobre cada um dos aplicativos por aqui)



    3- Escolha um bom tênis de corrida e não esqueça de comprar o tênis um ou dois números maiores do que você usa normalmente (dependo da distância que você almeja correr). Logo teremos um post completo explicando como se deve escolher o tênis de corrida, aguarde!

    4- Siga uma planilha adequada ao seu nível, siga a risca o planilha, nada de pular os treinos ou não fazer as pausas. A corrida é um esporte de muito impacto, um machucado ou dores pelo corpo podem te custar semanas de treino. A Vidativa Floripa elabora planilhas individuais e tem uma especialmente para você dar seus primeiros passos, entre em contato conosco através do vidativafloripa@gmail.com e informe-se!
    5- Alongue, não é necessário fazer o alongamento antes da corrida, já que você pode aquecer os músculos iniciando a corrida com 500m de caminhada ou 5 minutos de corrida lenta.

    6- Nunca corra de estômago vazio, para se correr bem é necessário que se tenha energia.


    Carboidratos não são os vilões da história, e apesar de toda essa onda das proteínas o carboidrato é fundamental para quem deseja correr (se você não exagerar não vai engordar) 1 fatia de pão com geléia ou pasta de amendoim são um ótimo lanche pré-treino, para quem vai treinar a tarde ou a noite. Foco no seu objetivo.


    7- Aprenda a escutar o seu corpo, se você está se sentindo sem ar ou com o batimento cardíaco muito alto correndo, é por que você está correndo muito rápido. É importante saber identificar o contrário também, pois se você não está com o batimento levemente acelerado e sentindo o esforço físico é porque está muito lento. Aos poucos você vai se conhecendo como corredor e aprendendo a dosar o ritmo da sua corrida. E quando sentir necessidade de fazer um pausa ou caminhar o faça sem envergonhar-se, caminhe um pouco até recuperar e depois volte a correr.

    8- Não caia na armadilha de correr todo dia, o seu corpo precisa de uma pausa para se recuperar do esforço físico e do impacto da atividade aeróbia. Recomendamos alternar os dias de corrida com reforço muscular muito importante para prevenção de lesões, manutenção da postura e melhora da resistência e força.

    9 - Aproveite a corrida, monte um set-list de músicas animadas, vá para rua, relaxe com a paisagem e deixe as preocupações derreterem com o suor.

    10 - VENHA SER UM VIDATIVADO! A Vidativa Floripa oferece todo o suporte para você ingressar no mundo da corrida ajudando a traçar e alcançar seus objetivos. Nossos treinos são realizados em duas bases: no Trapiche da Beira-Mar Norte às segundas e quartas-feiras e no Lagoa Iate Clube na Lagoa da Conceição às terças e quintas-feiras. Aos sábados gostamos de diversificar os percursos e locais de treino aproveitando o que a nossa ilha oferece de melhor: praias, trilhas e belas paisagens! 
    Entre em contato e agende seu primeiro treino através de email: vidativafloripa@gmail.com

    BOA SEMANA E BONS TREINOS!

    GO VIDATIVA