quinta-feira, 28 de maio de 2015

Alimentação saudável pode substituir a suplementação?

Conheça os power-ALIMENTOS QUE SUBSTITUEM a SUPLEMENtação

JÁ PENSOU EM SUBSTITUIR O BOM E VELHO WHEY PROTEIN POR COISINHAS NATURAIS E SEM RISCO? confira as dicas e nutra-se bem SEM NENHUM SACRIFÍCIO!

suplementos
Toma whey protein toda vez que bate uma fome para não perder a massa muscular? É melhor você saber que, de acordo com World Cancer Research Found, consumir dosagens altas de nutrientes apenas com suplementos pode prejudicar a saúde e até causar alguns tipos de câncer. E ainda não inventaram nada melhor do que alimentos saudáveis e ricos em proteína. Quer saber em quais apostar? A gente conta!
Frango com batata doce
dieta-1
É uma febre faz tempo. Pois a dupla une proteínas de alto valor biológico, isso é, são bem absorvidas pelo organismo, e carboidratos bons que liberam energia aos poucos. E anote: o frango tem os aminoácidos que o fazem o perfeito substituto para o BCAA.
Castanhas
castanha-do-para
São ricas em ácido linoleico, que aceleram a perda da gordura. E ataca principalmente a gordura abdominal. Você usa L.A.? Ela tem a mesma substância do suplemento. E convenhamos, é bem mais barata.
Shake caseiro
dietasreceitaspraticasblogspot Shake de Aveia e Linhaça
É feito com as proteínas do leite que estão presentes nos proteicos em pó mais usados após o treino. Misture o leite desnatado com carboidratos de baixo índice glicêmico, como a aveia, a maçã e a ameixa.
Salmão com mandioquinha
salmao-big
O peixe é rico em ácido linoleico, bom para perder gordura, e a raiz tem carboidrato de baixo índice glicêmico, que dá energia para o treino todo. E vai, é pra lá de saboroso!
Banana com aveia e canela
IMG_2587
Invista nesse trio: a banana é rica em potássio, evita dores e tem seu índice glicêmico reduzido quando misturada à aveia. Já a canela é termogênica.
Crepioca
crepioca-620x330
A receita une o carboidrato sem glúten da farinha de tapioca e a proteína do ovo. A clara do ovo é o que dá origem ao suplemento albumina e pode facilmente substituí-lo. A crepioca se diferencia da tapioca por alguns motivos e pode ser preparada de duas maneiras: unindo a farinha de mandioca com ovo ou leite, fazendo com que a massa fique mais encorpada, com aspecto de crepe; ou com ovo, que aumenta ainda mais os níveis de proteína dessa receita devido à clara de ovo ser um fonte de proteína e também saciante. Vá pra cozinha!
Chás verde e branco
cha-verde-emagrece-rejuvenece-saude
São termogênicos e aceleram a perda de gordura e o emagrecimento. Não precisa dizer mais, precisa?
Mingau de aveia
Mingau-de-aveia-com-queijo-fresco
Com leite, tem os carboidratos bons da aveia e a proteína do leite, base dos suplementos proteicos em pó. Faça com leite desnatado, claro. E esqueça a lenda de que engorda.
Gostou? Alimente-se bem e de forma saudável para treinar forte e correr para sempre!
GO VIDATIVA

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Respira fundo e VAI!


O ser humano pode até ficar sem tomar água por alguns dias, mas sem respirar, impossível! A entrada e saída de ar nos pulmões permitem a oxigenação do corpo e a eliminação do gás carbônico. Sem isso, não é possível manter-se vivo. É a respiração que oxigena o corpo e o cérebro, nutrindo cada célula do corpo, aumentando a vitalidade.
Respirar corretamente é fundamental na prática esportiva, pois ajuda a tirar o ácido láctico dos músculos, prevenindo a fadiga precoce, dores musculares e câimbras. Durante a corrida é importante manter a respiração ritmada, facilitando a realização dos movimentos.

Mitos e verdades

É preciso respirar pela barriga? Não.Especialistas afirmam que a respiração feminina é mais costal e a masculina é abdominal. Se as mulheres dependessem da musculatura da barriga para respirar teriam dificuldades e problemas durante a gravidez.
É melhor inalar pelo nariz do que pela boca? Sim. Os pêlos das narinas funcionam como um filtro e as conchas nasais direcionam e aquecem o ar, fazendo-o chegar aos pulmões na temperatura correta (em torno de 37 graus).
A combinação de fumo e anticoncepcional oral pode afetar os pulmões? Sim. O risco de embolia pulmonar é maior em fumantes que fazem uso de anticoncepcional.
Atividade física faz bem ao sistema cardiopulmonar? Sim. Os exercícios beneficiam a musculatura respiratória, que fica adequadamente preparada para enfrentar as situações de estresse e, também, doenças. Além disso, a oxigenação melhora a sensação de bem-estar.
A natação é o melhor esporte para estimular a oxigenação? Não. Pesquisas comprovam que todo e qualquer esporte é benéfico ao desenvolvimento cardiopulmonar.


Para respirar melhor

Exercício de consciência respiratória
Ajuda você a observar como está respirando.
Sente-se no chão ou colchonete, com as pernas cruzadas (posição de meditação), coluna ereta, feche os olhos, inspire e expire pelo nariz. Observe o ritmo da sua respiração, sem interferir. Em seguida, comece a respirar mais longa e profundamente.
Duração: 5 a 10 minutos.
Exercício para oxigenação e purificação do corpo
Renova o ar que fica parado nos pulmões e aumenta a oxigenação cerebral.
Sentado, coluna ereta, inspire o ar tranquilamente e expire rápida e vigorosamente pelo nariz, contraindo abdômen. Repita a inspiração lenta e a expiração forte, com contração abdominal.
Três séries de 5.
Exercício antiestresse
Descontrai as tensões físicas e emocionais.
De pé, pernas afastadas e coluna alinhada, inspire lentamente levantando os braços na lateral e em direção ao teto. Retenha o ar por alguns segundos, depois solte o tronco à frente em direção ao chão, enquanto solta o ar ruidosamente pela boca (como se ao sair o ar pronunciasse um som parecido com “Haaa”). Permaneça com o tronco solto à frente por 5 segundos. Volte à posição inicial.
Repita 5 vezes.

Com o friozinho chegando os exercícios de respiração são ótimos aliados para a elevação da temperatura corporal, conexão e estimulação da consciência corporal e da musculatura do CORE. Experimente incluí-los ao seu aquecimento antes dos treinos de corrida e de reforço muscular e sinta a diferença!

GO VIDATIVA

Fonte: Exercícios da publicação “Auto perfeição com Hatha Yoga”,José Hermógenes de Andrade Filho (Editora Record) 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Friaca a vista!

Não deixe que o frio atrapalhe seus treinos! 

Confira o que a turma vidativa está aprontando para fazer subir a temperatura do inverno e siga as dicas que para espantar a preguiça e aquecer sua corrida!



Basta esfriar um pouquinho para que aquele bicho preguiça que reside em cada um de nós começar a se manifestar. Afinal, é realmente uma delícia aproveitar um pouquinho do calor das cobertas pela manhã ou iniciar a noite com uma boa taça de vinho, acompanhada de uma delícia sopa e boa companhia.
O inverno está chegando, os termômetros já marcam temperaturas mais baixas mas isso não é desculpa para larga a planilha de mão né? Nossa turma já está a toda velocidade para quebra esse gelo! 




A vidativada Cissa Ramos radicalizou a -5°c no último domingo, 17/05, quando correu os 21K do Mountain Do Fim do Mundo em Ushuaia/ARG. A corrida ocorreu no Parque Nacional Terra do Fogo que possuí as mais incríveis paisagens da cidade mais austral do mundo. Os percursos de 42, 21 e 10Km passavam por terrenos variados com trilhas, bosques, montanhas, estradas de chão, em um caminho que costeia o Canal de Beagle e as Baías Encenada e Lapataia. A friaca pegou e a neve rolou, adicionando ainda mais dificuldade ao desafio. Cissa superou o frio e as montanhas e ainda garantiu o 2º lugar geral em sua primeira meia-maratona fora do país. Parabéns garota!


E a temporada está só começando!
A galera vidativa irá se dividir este final de semana e se aventurar pelas serras brasileiras: vamos encarar 21K de subidas e descidas pelos vinhedos da serra gaúcha na WineRun em Bento Gonçalves/RS. Enquanto isso, a dupla de ultra-vidativados Maria Clara Hillmann e Leo Nardi vão subir a serra carioca com o duro desafio de completar 80K no Ultra Trail Agulhas Negras - Endurance Challenge em Visconde de Mauá/RJ. 




Para manter o ritmo e espantar as desculpas gélidas dessa época do ano separamos 5 dicas que aquecerão sua motivação:

1. Estabeleça metas
A maioria das pessoas perde bastante a motivação para os treinos de corrida quando chega essa época. Ter um objetivo maior ajuda manter-se motivado. Inscrever-se numa prova bacana, bater recorde pessoal, perder peso, ajudar um amigo a treinar ou conseguir fazer exercício todos os dias são excelentes metas para não deixar a preguiça reinar sobre você! A parada de treinos no inverno pode prejudicá-lo em alcançar as metas quando o tempo esquentar novamente.
2. Use roupas adequadas
Procure treinar com roupas de acordo com a temperatura. Para quem treina ao ar livre a sugestão é levar agasalhos para começar o treino ou fazer aquecimento e à medida que for aquecendo, retirá-los. Mas lembre-se de logo após o treino se agasalhar novamente, não espere sentir frio. Os acessórios-chave para esta época são casacos leves/quebra-vento, manguitos, coletes, calças e/ou meias de compressão ou canelitos para proteger o corpo. Para combater o desconforto causado pelo vento frio utilize bonés, faixas ou golas que são ótimas para proteger o pescoço e o rosto.

3. Hidrate-se

No frio não sentimos tanta necessidade de tomar água mas é importante seguir a hidratação da mesma maneira. Não espere sentir sede para tomar água.Temos que nos atentar a hidratação durante os treinos e lembrar de tomar muito liquido durante todo o dia. Mantenha aquele squeeze como um companheiro diário, mesmo nas temperaturas mais frias.
4. Capriche no aquecimento
Durante o frio não sentimos o mesmo desgaste que no verão. Temos a tendência de acelerar nos treinos, aumentando a amplitude das passadas. Faça um bom aquecimento ativo antes de aumentar a velocidade da corrida. O ideal é aquecer mobilizando todas as articulações, iniciar o treino correndo lentamente e aumentar o ritmo aos poucos.
5. Esteira
Muitas pessoas substituem os treinos ao ar livre pelos da esteira. Isso pode ajudar nos dias mais frios. Cuidado para tornar essa alternativa uma rotina, pois para melhorar na corrida devemos treinar no terreno específico além de aproveitar a interação com a natureza e curtir as belas paisagens que o inverno também proporciona!

6. Aproveite o FREE-PASS DE INVERNO da Vidativa Floripa! 



Trechos da matéria publicada na ed. 18 do Jornal Corrida